Dólar opera em leve queda após fechar em alta na véspera


Na segunda-feira (6), a moeda norte-americana subiu 0,38%, a R$ 3,127 na venda.


O dólar opera com leves oscilações ante o real nesta terça-feira (7), monitorando o exterior e a cena política doméstica.


Às 15h49, a moeda norte-americana caía 0,304%, vendida a R$ 3,1175. Veja a cotação.


Segundo a Reuters, o câmbio reflete a expectativa da aprovação da nova rodada de regularização de ativos mantidos no exterior pelo Senado. "O mercado ainda trabalha com ingresso de recursos", afirmou o operador da mesa de câmbio do banco Ourinvest, Bruno Foresti.


Há expectativa de que o Senado coloque em votação ainda nesta sessão a segunda rodada da chamada repatriação. No ano passado, a Receita arrecadou R$ 46,8 bilhões com a primeira etapa do programa, com multas e impostos.


A alta das commodities e a confiança dos investidores na aprovação de reformas econômicas têm ajudado na valorização do real, mesmo com a economia ainda paralisada pela pior recessão de sua história.


"A maior parte da valorização do câmbio este ano é devida a uma percepção de melhores fundamentos, talvez influenciada pela baixa vulnerabilidade do Brasil ao protecionismo americano", disse à Reuters o estrategista do Rabobank Mauricio Oreng.


Banco Central

Por enquanto, o Banco Central não anunciou qualquer intervenção no mercado cambial para esta sessão, segundo a agência Reuters. Na noite passada, o presidente do BC, Ilan Goldfajn, sinalizou que a instituição pode voltar a reduzir os estoques de swaps cambiais se enxergar necessidade.


Se o BC não rolar os próximos vencimentos de swap cambial tradicional --equivalente à venda futura de dólares--poderá gerar alguma pressão de alta sobre a moeda. Em abril, vencem o equivalente a cerca de 9,7 bilhões de dólares.

#Câmbio #Economia

Em Destaque
Publicações Recentes