Governo está empenhado em criar um terreno atrativo e seguro para investimentos estrangeiros, diz Ma


Ministro discursou na abertura da Conferência Latin American Cities


Brasília (21 de março) – O ministro Marcos Pereira afirmou nesta terça-feira, durante discurso na Conferência Latin American Cities, que o governo brasileiro está empenhado em melhorar o ambiente de negócios no país e comprometido com a abertura ao comércio internacional. Ele também destacou o lançamento do Portal Único de Comércio Exterior, na próxima quinta-feira, no Palácio do Planalto, que vai simplificar as operações de exportação e importação.


“Estamos trabalhando na elaboração de políticas que encorajem a realização de investimentos domésticos e que também atraiam o capital estrangeiro. Estamos pautados pela construção de um Estado menos intervencionista, visando a fomentar o desenvolvimento de um ambiente transparente, seguro e de confiança restaurada. Entendemos que esses elementos são essenciais para melhorarmos a inserção do nosso país na economia global”, disse o ministro.


No evento, promovido pelo Conselho das Américas em parceria com a Apex-Brasil, Marcos Pereira afirmou que os Estados Unidos são um parceiro fundamental neste processo de reposicionamento do Brasil no cenário internacional.


“Vemos os Estados Unidos como parceiro essencial nesse processo de reconstrução. Nossos países mantêm relações comerciais sólidas, tanto pela intensidade quanto pela qualidade dos fluxos comerciais. Em 2016, nossa corrente de comércio bilateral chegou a quase US$ 47 bilhões, com exportações e importações equilibradas na casa dos US$ 23 bilhões. Os números fazem dos Estados Unidos, atualmente, o segundo principal parceiro comercial do Brasil, atrás apenas da China”.


O ministro lembrou que o fluxo comercial com os Estados Unidos é composto, majoritariamente, por produtos de maior valor agregado: 78% das exportações, e 95% das importações brasileiras são de produtos industrializados. Ele destacou também a forte presença de empresas americanas no Brasil.


“Os últimos dados disponíveis mostram os Estados Unidos na 1ª posição do ranking de estoque de Investimento Estrangeiro Direto (IED) no Brasil na modalidade participação no capital. Quase 20% do estoque de investimento estrangeiro recebido pelo Brasil é de origem americana. Os números são relevantes, mas temos ainda muito espaço a ser explorado pelos investidores americanos e, por isso, estamos preparando nosso País para recebê-los”.


Facilitação de Comércio

O ministro disse que está trabalhando ativamente para melhorar o ambiente de negócios e diminuir o chamado “custo Brasil” e citou como exemplo um pacote de 47 iniciativas de desburocratização e simplificação de procedimentos administrativos no MDIC. “São medidas que visam a melhorar a qualidade dos serviços prestados pelo Ministério e por suas autarquias vinculadas”, afirmou.


Na área de facilitação de comércio, o ministro citou o Portal Único de Comércio Exterior, elaborado pelo MDIC e pelo Ministério da Fazenda, em coordenação com outros 20 órgãos, como uma das mais importantes iniciativas do governo para desburocratizar e modernizar os processos relacionados ao comércio exterior.


Marcos Pereira explicou que a implementação do Portal Único atende uma das medidas previstas no Acordo de Facilitação de Comércio da OMC, que entrou em vigor no último dia 22 de fevereiro, e mostra o comprometimento do Brasil com as regras do sistema multilateral de comércio.


O ministro concluiu o discurso afirmando que o Brasil está inaugurando um novo ciclo de desenvolvimento, buscando integrar-se cada vez mais às cadeias globais de valor. “Estamos tratando de melhorar a competitividade de nossas empresas e, ao mesmo tempo, criar um terreno atrativo e seguro para investimentos estrangeiros. Nossa agenda de trabalho é intensa e os desafios são grandes, mas asseguro que será cada vez mais fácil para as empresas se estabelecerem e prosperarem no Brasil”.

#ComércioExterior #ImportaçãoeExportação

Em Destaque
Publicações Recentes