Dólar tem 3ª alta seguida e vai a R$ 3,18


Moeda subiu 0,28%, negociada a R$ 3,1820 na venda, acumulando em três pregões seguidos valorização de 1,77%.


O dólar fechou em leve alta nesta quinta-feira (27), com os investidores cautelosos sobre o andamento da reforma da Previdência e sinais de dificuldade para o governo conseguir votos suficientes para aprovar a matéria no Congresso Nacional.


A moeda norte-americana subiu 0,28%, negociada a R$ 3,1820 na venda – maior patamar de encerramento desde 9 de março (R$ 3,1947) – acumulando em três pregões seguidos valorização de 1,77%.


No mês, o dólar acumula alta de 2,22%; na semana, alta de 2,37%. Já no ano, a moeda tem desvalorização de 2,08%.


Segundo o Valor Online, não foi bem recebida a notícia de que a votação do parecer da reforma da Previdência, elaborado pelo deputado Arthur Maia (PPS-BA), foi adiada para 3 de maio. A data prevista anteriormente era dia 2. Embora o adiamento não deva atrapalhar o cronograma do governo, o mercado se ressente por ainda estar sob impacto de ruídos recentes em torno do projeto.

#Câmbio #Economia

Em Destaque
Publicações Recentes