Dólar fecha em leve alta, a R$ 3,31


Moeda norte-americana subiu 0,15%, negociada a R$ 3,3102 na venda.


O dólar fechou em leve alta nesta terça-feira (4), em dia de baixa liquidez com feriado nos Estados Unidos e com os investidores ainda cautelosos diante do cenário político doméstico conturbado.


A moeda norte-americana teve variação positiva de 0,15%, vendida a R$ 3,3102, depois de oscilar entre R$ 3,299 reais na mínima do dia e R$ 3,3115 na máxima, segundo a Reuters. Veja a cotação


"O mercado monitorou o cenário político local, em dia de sessão esvaziada", afirmou à Reuters o gerente da mesa de câmbio do banco Ourinvest, Bruno Foresti.


Os mercados financeiros norte-americanos estavam fechados nessa sessão por conta do feriado de 4 de Julho, tirando dos investidores importantes referências e limitando o volume de negócios.




Cenário local

No campo interno, a cena política continuou como protagonista, com o mercado à espera novos desdobramentos relativos ao andamento das reformas no Congresso Nacional. Havia expectativa de votação, nesta sessão, pelo Senado, do pedido de urgência da reforma trabalhista, o que será uma demonstração, ou não, de força política do presidente Michel Temer, denunciado por crime de corrupção passiva após delações de executivos do grupo J&F.


Na véspera, o mercado respirou um pouco mais aliviado após o ex-assessor de Temer e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) deixar a prisão preventiva, ainda que com restrições, e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), um aliado do atual governo, ter recebido o aval para retornar às atividades do seu mandato.


No entanto, no final da tarde de segunda-feira, a prisão do ex-ministro Geddel Vieira Lima voltou a colocar mais pressão nos ânimos, com temores de que isso possa prejudicar ainda mais a defesa de Temer, destaca a Reuters.


No exterior, o dólar subia ante divisas de países emergentes, como peso chileno, e a lira turca, e tinha leve alta ante uma cesta de moedas fortes.


O Banco Central não anunciou qualquer intervenção no mercado de câmbio. Em agosto, vencem US$ 6,181 bilhões em swap cambial tradicional - equivalente à venda futura de dólares.

#Câmbio #Economia

Em Destaque
Publicações Recentes